Universidade do Minho  

           
 
  Autenticação/Login
 
Home
Contactos
Mapa do Site
   
  imprimir
 
voltar 
Globalização Financeira e Crescimento Económico
PTDC/EGE-ECO/112169/2009
 
 
Objectivos:
A actual fase de globalização económica tem sido caracterizada por um progressivo aumento da abertura comercial e por uma cada vez maior mobilidade de capitais entre países. O presente projecto aborda os efeitos da globalização financeira no crescimento económico.
A evolução do rácio Integração Financeira Internacional (stock de activos e passivos estrangeiros sobre o PIB) dá uma ideia do significativo aumento da globalização financeira nas últimas décadas. Este rácio aumentou 7 vezes, passando de 45% em 1970 para mais de 300% em 2004.
A teoria neoclássica do crescimento económico sugere que a globalização financeira conduziria a uma melhor afectação de recursos, implicando um aumento em termos de crescimento económico e de bem-estar. No entanto, a literatura não tem encontrado uma relação empírica robusta entre indicadores de integração financeira e crescimento.
O nosso objectivo é contribuir para esta literatura dando respostas às seguintes questões:
1) Terá a composição do capital estrangeiro efeitos na difusão de tecnologia e na inovação e, através destes canais, efeitos no crescimento económico?
2) Qual será a importância do efeito da composição do capital estrangeiro directamente na produtividade total dos factores?
3) Observar-se-á empiricamente que as economias abertas à mobilidade do capital têm maior crescimento económico que as economias fechadas?
Responsável:
Francisco José Veiga

Equipa:
Delfim Gomes Neto

Timing:
Janeiro de 2011 a Dezembro de 2012

Financiamento:
18.656,00 Euros da Fundação para a Ciência e Tecnologia (PTDC/EGE-ECO/112169/2009)


 
voltar 
 
© Universidade do Minho - 2017 Optimizado para 1024x768 IE 8.0  - Termos Legais  - actualizado por NIPE Símbolo de Acessibilidade na Web D.